Submarinos U212 / U214 - Alemanha


Os submarinos de ataque Tipo 212 estão sendo construídos pela Howaldtswer-Deutsche Werft GmbH (HDW) de Kiel e pela Thyssen Nordseewerke GmbH (TNSW) de Enden para atender uma encomenda da Marinha alemã de quatro submarinos, com o primeiro sendo comissionado em 2004. A HDW é responsável pelas seções de proa e montagem da primeira e terceira unidade, e a TNSW pelas seções de popa e montagem da segunda e da quarta unidade. O U-212 está equipado com um avançado Sistema de Controle de Armas e Comando, o qual está interligado aos sensores, radares e sistemas de navegação, baseado em um computador de alta performance, o MSI-90U fornecido pela Konsberg Defense, da Noruega. Seus principais sensores são: o sonar DBQS, de corpo cilindrico, para detecção de sons de média frequência; o TAS-3, rebocado, para baixa frequência; o FAS-3, no flanco, para baixa/média frequência e o sonar MOA 3070 para detecção de minas. O periscópio de busca é o SERO 14 Zeiss Optronik e o de ataque é o SERO 15 com telêmetro a laser. A propulsão combina o tradicional sistema diesel-elétrico com um de jatos de ar, composto de nove células de combustível PEM (Polymer Eletrolyte Membrane), que funcionam com oxigênio e hidrogênio, para travessias silenciosas a baixa velocidade. Possui seis tubos de torpedos, dispostos em dois grupos de três, equipados com sistema de lançamento por jatos de água.


(Para ver o interior do submarino U-212 passe o mouse sobre a imagem)

A HDW está desenvolvendo o Tipo 214, uma versão melhorada do Tipo 212. Sua profundidade máxima pode ultrapassar os 400 metros, devido à utilização de materiais mais resistentes à pressão, o comprimento do casco é de 65 metros e seu deslocamento chega a 1.700 ton. Quatro de seus oito tubos de torpedos poderão disparar mísseis também. Novos modelos de células PEM permitirão ao Tipo 214 permanecer submerso por mais de duas semanas. A forma de seu casco foi otimizada para melhorar sua hidrodinâmica e suas características stealth, combinada com uma propulsão de baixo ruído, que diminuirá sua assinatura acústica. As Marinhas da Grécia e da Coréia do Sul encomendaram três unidades do U-214 cada uma.

A Marinha do Brasil adquiriu cinco unidades do projeto anterior da HDW, o Tipo 209, que deram origem à classe Tupi, sendo a primeira construída na Alemanha e as demais no Arsenal de Marinha, no Rio de Janeiro, com assessoria daquele estaleiro. O cuidadoso desenho do casco, seus poderosos motores que lhe permitem uma velocidade de 23 nós ( 43 km/h) sob a água, aliados aos seus oito tubos para torpedos de 533mm, fazem do Tipo 209 um dos melhores projetos recentes de submarinos.



Origem
Alemanha
Tripulação
27 homens (U-212) / 30 homens (U-214)
Dimensões
comprimento: 56 m (U212) / 65 m (U214) / boca: 7 m / calado: 6 m
Velocidade
12 nós (22 km/h) na superfície e 20 nós (36 km/h) submerso
Alcance
8.000 mn (U212) / 12.000 mn (U214)
Deslocamento
1.500 ton (U-212) / 1.700 ton (U-214), na superfície
Propulsão
diesel-elétrica (motor MTU 16V396) e a jatos de ar
Armamento
6 tubos para torpedos (U-212) e 8 tubos (U-214)



                                 www.militarypower.com.br                                   eXTReMe Tracker
                       A sua revista de assuntos militares na internet