Helicóptero de ataque Tiger - França / Alemanha


O helicóptero de ataque EC 665 Tiger tem suas origens em requerimentos dos exércitos alemão e francês para uma aeronave anti-tanque de segunda geração e em 1984 foi assinado um memorando de entedimento para o desenvolvimento conjunto. O primeiro protótipo voou em 1991 e a produção em série teve início em 2002. Foi desenvolvido em três configurações: HAP - para apoio de fogo e proteção; HAC - para combate anti-tanques; e HAD - para apoio de fogo e destruição. A configuração ARH (para reconhecimento armado) é uma modificação da versão HAP para atender uma encomenda do Exército australiano. O Tiger tem uma fuselagem delgada, de baixo arrasto aerodinâmico, com dois assentos em tandem, trem de pouso fixo, duas pequenas asas para a carga bélica e com previsão de uma torreta para o canhão na parte de baixo do nariz da aeronave. Sua estrutura faz uso extensivo de materiais compostos (cerca de 80%), com as molduras e longarinas fabricadas em Kevlar e fibra de carbono, assim como as pás dos rotores principal e de cauda feitas de Nomex, com montagem interna em forma de colméia, que além de reduzir o peso da aeronave contribuem para uma baixa assinatura radar. A redundância dos sistemas hidráulicos, elétricos e de combustível possibilitam uma maior sobrevivência do Tiger no campo de batalha. Cada cockpit está equipado com dois displays coloridos multi-função da francesa Thales Avionics, com um head up display (HUD) na estação do piloto e um display para as imagens do FLIR e da câmera, com geração digital de mapas, feito pela alemã Dornier/VDO, na estação do atirador. Contam ainda com um display CDU (Control and Display Unit) que além de integrar os sistemas de navegação e comunicação, permite a inserção de cartões de memória (Data Insertion Device) com dados da missão previamente gravados em solo. Todas as tripulações utilizam capacetes com visores integrados, do tipo HMDS (Helmet Mounted Sight Display) que permitem uma melhor visão situacional da arena de combate e diminui a carga de trabalho do piloto e do atirador. As contramedidas eletrônicas são compostas por um sistema de alerta radar (RWR), alerta laser, detector de lançamentos de mísseis hostis e dispensadores de chaff / flare Saphir-M.


EC 665  Tiger
Para visualizar o cockpit do Tiger passe o mouse sobre a cabine da aeronave.

O sistema de navegação conta com dois giro estabilizadores a laser, dois computadores de bordo, rádio altímetro, GPS e um radar CMA 2012 pulso Doppler, de quatro bandas, da BAE Systems. A motorização das versões HAP e HAC estão a cargo de duas turbinas MTU/Turbomeca/Rolls-Royce MTR 390, de 1.170 hp e a versão HAD conta com duas MTR390-E, de 1.460 hp, todas abastecidas por tanques de combustível auto-selantes, com supressor de explosões e válvulas que impedem o refluxo. A versão HAC possui um visor Osiris montado acima do rotor principal, com uma câmera de infra-vermelho e designador laser, além de um sensor FLIR no nariz da aeronave. Pode ser equipado com quatro mísseis ar-ar Mistral ou Stinger, mísseis anti-tanque HOT 3, Trigat LR ou Hellfire II e lançadores de foguetes de 70 mm. A versão HAD pode ser armada com oito mísseis Hellfire II ou Spike ER, além de contar com um canhão Nexter de 30 mm na torreta frontal, lançadores de foguetes de 70 mm e quatro mísseis Mistral. A versão HAP pode ser equipada com canhão Nexter AM-30781 de 30 mm, quatro mísseis Mistral e lançadores de foguetes SNEB de 68 mm. A versão ARH, do Exército australiano, está armada com mísseis anti-tanque Hellfire II, mísseis ar-ar Stinger, lançadores de foguetes Hydra de 70 mm e um canhão frontal Nexter de 30 mm. A França encomendou inicialmente 80 unidades, sendo 40 HAP e 40 HAD. A Alemanha adquiriu 80 unidades, todas na versão HAC. A Austrália assinou contrato em 2001 para fornecimento de 22 unidades da versão específica ARH, a serem montados na subsidiária local da Eurocopter, a Australian Aerospace. Em 2003 foi a vez da Espanha selecionar o Tiger como seu novo helicóptero de ataque, encomendando um total de 24 unidades, todos na versão HAD.



Origem
França / Alemanha
Dimensões
Comprimento: 13,8 m / altura: 3,8 m
Peso
5.910 kg (máximo na decolagem)
Velocidade
320 km/h (máxima)
Raio de ação
800 km
Motores
2 turbinas MTR 390, com 1.170 hp ou MTR 390-E, com 1.460 hp
Armamento
Diversos, de acordo com a versão: mísseis ar-ar Mistral ou Stinger, mísseis anti-tanque Hellfire II, Trigat LR ou HOT 3, foguetes de 70 mm e canhão de 30 mm.

 

                                   www.militarypower.com.br                                   eXTReMe Tracker
                       A sua revista de assuntos militares na internet