AH-64 Apache- EUA


O helicóptero AH-64 Apache produzido pela Boeing é o helicóptero principal do Exército dos Estados Unidos e é considerado o melhor helicóptero de ataque do mundo, sendo empregado em diversos ambientes hostis e com elevadas taxas de sucesso em suas missões. Nos anos 70, em plena Guerra Fria, com o intuito de compensar a superioridade numérica das forças blindadas do Pacto de Varsóvia estacionadas na Europa oriental, o Exército americano elaborou as especificações para um helicóptero avançado de ataque, que após mais de uma década de desenvolvimento, se materializou como AH-64 Apache. O principal requisito era a capacidade de combater tanto de dia como de noite e em quaisquer condições meteorológicas. Projetado para suportar duros golpes, seus tripulantes e a transmissão estão protegidos por uma blindagem de material composto de boro, kevlar e aço. As pás do rotor, que montadas de forma assimétrica geram muito menos ruído, podem aguentar impactos repetidos de projéteis de 23 mm e o sistema de escapamento do motor reduz a temperatura dos gases, diminuindo a sua assinatura térmica. Está equipado com o TADS (Target Adquisition and Designation System), um sistema combinado de infravermelhos e câmeras de TV de baixa intensidade luminosa, que usado em conjunto com o de visão noturna do piloto, permite ao helicóptero voar e combater na escuridão. Seu armamento compreende mísseis Hellfire e Stinger, foguetes de 70 mm e o potente e preciso canhão M 230 Chain Gun, de 30 mm, com cadência de 750 tiros/minuto, capaz de perfurar facilmente uma blindagem leve. Este pode ser controlado pelo piloto através do IHADSS, visor que projeta imagem diretamente na pupila, permitindo apontar a arma para onde se está olhando. O modelo avançado, o AH-64D Apache Longbow, está equipado com uma suite de sensores e armamento melhorados. A melhoria de destaque deste modelo sobre a variante A é o Longbow Fire Control Radar, instalado sobre o rotor principal. A posição elevada da redoma permite a detecção e ataque por míssil a alvos localizados atrás de obstáculos (como terreno, árvores ou edifícios). Para além disso, um modem integrado com a suite de sensores permite a esta variante D a partilha dos dados com outros AH-64D e AH-64A que não dispõe de linha-de-vista para o alvo. Desta forma, um grupo de Apaches pode atacar múltiplos alvos apenas exibindo a redoma de um Apache modelo D. Apesar de seu alto custo de aquisição e manutenção, o AH-64 Apache provou na Guerra do Golfo, no Kosovo e recentemente no Afeganistão, ser o mais letal sistema anticarro atualmente em serviço.

Usuários: Estados Unidos, Grã-Bretanha, Israel, Egito, Arábia Saudita, Cingapura, Holanda, Grécia e Emirados Árabes Unidos.



Para ver o desenho do AH-64 Apache em 3 vistas clique aqui




Tripulação
2 homens
Dimensões
comprimento: 17.7 m / altura: 4,9 m / rotor: 14,6 m
Velocidade
365 km/h (máxima)
Alcance
400 km ou 1.900 km com tanques externos
Peso
9.525 kg (máximo)
Motores
2 turbinas T-700 GE 701, com 1.789 hp cada
Armamento
Mísseis Hellfire e Stinger (auto defesa), foguetes de 70 mm e 01 canhão Boeing M230, de 30 mm



                                 www.militarypower.com.br                                   eXTReMe Tracker
                       A sua revista de assuntos militares na internet