Carro de combate Leclerc - França


Embora as discussões sobre o desenvolvimento de um novo carro de combate para substituir o AMX-30 datassem de meados dos anos 60 e tivessem continuado por mais de uma década, o projeto só evoluiu mais rapidamente quando a parceria entre a França e a Alemanha, para fabricar um único modelo que atendesse aos requisitos operacionais dos dois países foi desfeita em 1982. A partir de então os projetistas franceses concentraram seus esforços em um desenho próprio e o primeiro protótipo do carro de combate Leclerc foi apresentado em 1989 e a produção do veículo, cujo nome é uma homenagem ao heróico comandante da 2ª Divisão Blindada da França Livre durante a Segunda Guerra Mundial, começou no ano seguinte. Pesando 56 toneladas, o Leclerc é mais leve do que a maioria dos tanques atuais e sua construção compacta proporciona uma excelente relação peso/potência. O armamento principal consiste no canhão CN 120-26/52 de 120 mm, com cadência de 12 tiros por minuto, podendo utilizar todos os tipos de munição padronizados pela OTAN, entre elas a APFSD (armour-piercing fin-stabilised discading sabot) e a HEAT (high explosive anti-tank). Está equipado com um sistema de carregamento automático que permite ao Leclerc disparar em movimento contra alvos também móveis, com alta probabilidade de acerto. Seu armamento secundário é composto por uma metralhadora coaxial de 12,7 mm e uma metralhadora antiaérea de 7.62 mm montada do teto da torre. O sistema digital de controle de tiro, que analisa em tempo real todos os dados provenientes dos sensores e visores do tanque, possibilita tanto ao comandante quanto ao atirador selecionar seis alvos simultaneamente e engajá-los em cerca de 30 segundos.


Para visualizar o interior do Leclerc, passe o mouse sobre a torre do blindado.

O comandante tem à sua disposição oito periscópios e um visor panorâmico estabilizado HL-70, fabricado pela Safran, composto de um designador a laser, uma câmera e um intensificador de imagens. O alcance para reconhecimento é de 4 km e o alcance para identificação de alvos é de 2,5 km. A estação do atirador possui três periscópios e um visor termal estabilizado SAVAN 20, também da Safran, com três campos de visada. O motorista conta com três periscópios, sendo que o do centro é o OB-60, desenvolvido pela Thales Optronique, com câmeras para uso de dia e à noite. O Leclerc está equipado ainda com o sistema de gerenciamento de combate FINDERS (fast information, navigation, decision and reporting system), produzido pela Nexter, que inclui uma tela que apresenta um mapa colorido que mostra a posição dos tanques do esquadrão, a disposição das forças amigas e hostis, designa alvos e pode ser utilizado para planejar rotas ou missões. O sistema de proteção do blindado conta com o Galix, desenvolvido pela Nexter e pela Lacroix, com nove tubos lançadores de granadas de 80 mm dispostos de cada lado da torre do canhão, podendo disparar granadas fumígenas, anti-pessoal e despistadores infravermelho. O Leclerc está equipado com um motor diesel V8X-1500 Hyperbar com potência máxima de 1.500 hp a 2.500 rpm, com sistema de monitoramento eletrônico, e uma turbina a gás de alta pressão Suralmo-Hyperbar, permitindo que ele atinja uma velocidade de 50 km/h em terreno irregular e de 70 km/h em estradas pavimentadas. Embora não divulgada, a blindagem provavelmente é composta de aço, kevlar e materiais cerâmicos, sendo que os últimos modelos fabricados incorporaram uma combinação de tungstênio e titânio. O Exército francês possui 426 unidades do Leclerc e uma variante tropical foi desenvolvida para atender os requisitos específicos dos Emirados Árabes Unidos, que adquiriram 436 unidades do tanque.


Origem
França
Dimensões
comprimento: 9,9 m  /  largura: 3,7 m / altura: 2,5 m
Peso
56 toneladas
Tripulação
3 homens
Velocidade
70 km/h (máxima)
Autonomia
550 (máxima)
Motor
01 motor a diesel V8X-1500, com potência de 1.500 hp
Armamento
01 canhão CN 120-26/52 de 120 mm, 01 metralhadora coaxial M2HB de 12,7 mm
e uma metralhadora antiaérea MG de 7.62 mm montada na torre.

 

                                   www.militarypower.com.br                                   eXTReMe Tracker
                       A sua revista de assuntos militares na internet